Bem vindo! Este blog tem o objetivo de compartilhar as poesias, sonetos e poemas, escritos por mim com todo carinho para você!

"Enquanto tu sonhas acordado,
Estarei apagando meu passado,
Do sentimento tão retratado,
Em cada poema aqui destilado!"

BY Sol Figueiredo - 05/09/2011

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Soneto 100: Luz da minha vida!



Luz da minha vida!


Eu até imaginava-me em ti estar...
Tal densa escuridão da dura vida...
Já tensa, encontrava-me tão perdida!
Tu vinhas em minha direção, amar...

Deixando-me já quão entorpecida
por teu falar com esse louco olhar...
Palavras escritas, teu versejar...
Amores contidos, versos se' medida!

Tua luz despertou em mim o que estava
já aqui adormecida, assim fui vencida!
Depuro o que era triste e maltratava...

És minha tal luz derradeira, ó vida!
Levaste-me onde o amor morava...
Abrigo das minhas dores, a guarida!

© SOL Figueiredo
27/02/2012 – às 11:51h – Reeditado em 29/08

Publicado no Recanto das Letras em 27/02/2012 – às 11:15h

Código do Texto: T3521198– Soneto 99
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.

1 comentários:

Dulce Morais disse...

Tão belo! Adorei.
Parabéns!

Postar um comentário